Meio&Mensagem
Publicidade

Maximídia

05 A 07 DE OUTUBRO - HOTEL UNIQUE - SÃO PAULO/SP

Eletromidia propõe futuro sustentável, dinâmico e metrificável

Aquisições da Noalvo e Ótima eleva potencial do IPO da empresa e as inovações de suas entregas

Thaís Monteiro
5 de outubro de 2021 - 16h09

Nesta terça-feira, 4, a Eletromídia anunciou a aquisição Noalvo, empresa de tecnologia para o setor de mídia out-of-home. Na edição 2021 do MaxiMídia, a empresa marcou presença para comunicar essa movimentação, suas perspectivas para o futuro do negócio e sua nova tagline “Urban Connections”, criada pela Ana Couto.

Alexandre Guerrero, CSO (Chief Sales Officer) da Eletromidia, apresentou as aquisições recentes e a tagline “Urban Connectios” (Crédito: Eduardo Lopes/Imagem Paulista )

Afetada pela queda de circulação por um período de tempo em decorrência da pandemia da Covid-19, a Eletromídia aproveitou o período para se organizar enquanto operação após a fusão com a Elemídia e abertura do IPO. Isso não impediu novidades durante o período.

A mais fresca, a aquisição na Noalvo, visa otimizar o acesso dos clientes a planejamento, acesso a dados e métricas para decidir sobre suas campanhas em OOH. No evento, o sócio da Noalvo Heitor Estrela apresentou a plataforma Eletromídia Ads, que serve a esse propósito. Nela, as agências e anunciantes podem ter acesso às 70 mil faces publicitárias da empresa no País e filtrá-las por local, tipo (estático ou digital), categorias de público-alvo, alcance, impacto e impressões.

Segundo o executivo, que agora assume a responsabilidade pelo crescimento das ferramentas de planejamento, compra e métricas, as empresas visam criar novos filtros. “Todos os anunciantes acreditam que métricas dá uma defesa mais técnica”, afirmou. “A Eletromidia Ads traz os conhecimento de mercado da Noalvo com métricas e dados para todos os produtos, verticais e ativos das empresas conjuntas. Agências e anunciantes podem ter acesso a gestão, experiência e inovação”, defendeu.

No campo das aquisições e investimentos, a Eletromidia aguarda aprovação do Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) para aquisição da Otima, anunciada em julho deste ano. A expectativa é que o IPO também traga novos investimentos e dê condições para tornar o mercado de mídia mais sólido.

Outro investimento comunicado pela empresa no MaxiMídia 2021 foi o projeto Trilhos Verdes, feitos junto com o Santander. A Eletromídia já reformou estações da CPTM em Santo André, Vila Olímpia e lançou Estação Farol Carioca Santander com proposta mais sustentável. Elas apresentam jardins verticais, telas de captação de energia solar, jardins filtrantes e exposições culturais e sobre sustentabilidade. A primeira estação verde, na Vila Olímpia, foi lançada em junho de 2021 e o projeto levou sete meses para consolidar. A próxima fase do projeto será a Cidade Jardim.

“Tudo que temos feito tem como propósito gerar uma contribuição para o usuário. Tentamos inverter a lógica: como traduzir isso como benefício para o usuário. Quais são as dificuldades e quais facilitadores que possamos trazer? A grande ideia é essa. Isso garante projetos mais relevantes, mas garante verdade”, explicou Rodrigo Rodrigues, diretor de estratégia e inteligência de Mercado.

No universo do impacto social, a empresa ainda reforçou sua parceria com as estações de bicicleta da Tembici em Recife e, nos próximos meses, no Rio de Janeiro e Brasília. Nelas, serão instalados painéis 100% digitais da Eletromidia.

Já a tagline visa traduzir o propósito da empresa de acompanhar as jornadas nas cidades onde está presente, buscando unir essas informações a partir de uma plataforma integrada, com métricas, agilidade, tecnologia e experiências relevantes.

Publicidade

Compartilhe

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”

Patrocínio Master

Realização