Meio&Mensagem
Publicidade

Maximídia

05 A 07 DE OUTUBRO - HOTEL UNIQUE - SÃO PAULO/SP

Como entender o consumidor na era volátil

Profissionais da General Motors, Elo e P&G discutem os desafios de aproximação e diálogo com pessoas cada vez mais conectadas e expostas à grande quantidade de conteúdo

Luiz Gustavo Pacete
3 de outubro de 2017 - 12h05

Que o consumidor mudou, é fato. Que a oferta de conteúdo é cada vez maior e que o cenário é cada vez mais volátil, não há dúvida. O grande questionamento, neste contexto, é sobre como entregar relevância a esse consumidor. Essa foi a premissa do debate realizado na manhã desta terça-feira, 3, no #MaxiMídia2017 em um painel mediado por Abel Reis, CEO da Dentsu Aegis Network Brasil.

De acordo com Luís Cassio de Oliveira, diretor de comunicação e marketing da Elo, seu principal ponto de contato para entender e acompanhar as mudanças do consumidor é o equilíbrio entre o ponto de venda e o digital. “Temos uma relação muito forte com os pontos de venda fazendo com que a visibilidade da marca esteja muito presente e o digital entrou para completar esse processo”, disse Oliveira.

 

Profissionais da General Motors, Elo e P&G discutem os desafios de aproximação e diálogo com pessoas cada vez mais conectadas (Foto: Denise Tadei)

Na visão de Poliana Sousa, diretora de marketing da P&G Brasil, pesquisa e inovação são fundamentais para entender a dinâmica deste novo consumidor. “Trabalhamos muito próximo do grupo de inteligência de mercado e isso tem sido importante para entender a mudança do consumidor e para basear nosso plano e estratégia baseados nisso”. Na visão de Herman Mahnke, diretor de marketing da General Motors, não é somente sobre tecnologia ou oferta de conteúdo, mas sobre a particularidade de cada indústria. “Na teoria, a estratégia deve ser desenhada com o consumidor no centro, mas a execução acaba sendo um pouco diferente em função de todas as instabilidades econômicas que afetam nosso setor”, destacou.

Veja alguns pontos destacados pelos debatedores sobre o impacto das mudanças na dinâmica do consumidor.

A importância do conteúdo
De acordo com Poliana, da P&G, as mudanças na dinâmica do consumidor impactaram diretamente a forma como se produz conteúdo. “Sempre focamos muito em conteúdo de marcas e isso acompanha a história da empresa no mundo. O Brasil tem muita autonomia, quando falamos em empresa global já pensamos em um engessamento, mas no caso do Brasil, isso é diferente. Claro que isso traz muitas responsabilidades de fazer ações locais. Modelos, inclusive, que exportamos para fora do Brasil”, diz Poliana.

As revoluções tecnológicas
As revoluções tecnológicas, e o impacto que elas possuem nos anunciantes, foi outro tema abordado. De acordo com Luís Cássio de Oliveira, da Elo, de fato, as mudanças são enormes e o fato de a empresa ser nova – a Elo foi criada em 2011 – ajuda a empresa a incorporar e entender movimentos tecnológicos. “Isso, de certa forma, nos ajuda a entender como incorporar inovação”, destacou.

O desafio das redes sociais
Para Herman Mahnke, da GM, lidar com redes sociais é sobre acertar e errar. “Começamos usando redes sociais como extensão do nosso canal de comunicação e, na prática, não é isso. As redes precisam de conteúdo customizado e especializado. Começamos essa mentalidade no Salão do Automóvel, no ano passado, quando criamos nosso Social Lab. Foi ali que tivemos um aprendizado muito grande sobre engajamento e a necessidade de rever nossa estratégia”, diz Herman. Deste projeto surgiram vários aprendizados sobre como redesenhar nossa estratégia de redes sociais. ”

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • consumo

  • Dentsu

  • digital

  • Elo

  • GM

  • inovacao

  • P&G

  • conteúdo

  • Dentsu

  • Elo

  • GM

  • Grupo DAN

  • marcas

  • P&G

  • redes sociais

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”

Patrocínio Master

Realização